Marcha para o Oeste

Por Francisney Liberato

Marchar é necessário para que a conquista seja certa.

Em 1938, durante o período do Estado Novo, o governo Getúlio Vargas criou o programa “Marcha para o Oeste”, cuja finalidade era de promover o desenvolvimento de regiões menos habitadas do Brasil e uma maior aproximação das localidades produtoras de matéria-prima.

A estratégia era incentivar o progresso e a ocupação das regiões Centro-Oeste e Norte, que estavam isoladas, onde haviam muitas terras desocupadas, e por isso organizou um plano para migrar as pessoas ao centro do Brasil.

A ordem é marchar! Isso tem um significado profundo, pois me impulsa a pensar que jamais devemos parar, estacionar, desistir. Se está com problemas financeiros, marche! Se está com dificuldades de estudar, marche! Não são nas adversidades da vida que iremos desistir, uma vez que precisamos continuar a viver, trabalhar, amar, estudar, ajudar, enfim. Marche para progresso.

Por que marchar para o Oeste? O Oeste é para você refletir sobre as regiões da vida que estão desconhecidas. Temos a possibilidade de expandir novos talentos, habilidades, encontrar o novo. A única forma que temos de obter isso encontra-se na “Marcha para o Oeste”, mesmo que haja obstáculo.

A dica que lhe ofereço para conhecer as regiões desconhecidas e pouco utilizada, é buscar aquele que te criou como uma obra-prima, conforme está escrito em Salmos 139:13,14: “Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza”.

No site “http://www.significados.com.br” indica o significado da palavra desenvolvimento, que assim descreve: “Desenvolvimento é toda ação ou efeito relacionado com o processo de crescimento, evolução de um objeto, pessoa ou situação em uma determinada condição”. A “Marcha para o Oeste” surgiu para evoluir as regiões isoladas do país. Isso serve para nós, pois a cada instante da nossa vida precisamos crescer, não podemos ficar estagnado, uma vez que isso atrofia o nosso cérebro e corpo como um todo. Temos a oportunidade de avançar nas áreas física, mental, espiritual e emocional da vida, com vistas a obter um “novo” melhor.

O desenvolvimento e o progresso chegaram para o país, mas e o seu crescimento? A decisão entre marchar ou não marchar está em suas mãos. A chance de dar certo certamente será maior do que não tentar.

Não importa a região de sua vida que precisa “marchar”, o essencial é saber que eu e você temos hoje esta oportunidade, pois pode ser que o amanhã não exista, conforme escreveu Lourran Gustavo “Não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje, pois o amanhã é incerto e pode não vim”.

Francisney Liberato Batista Siqueira é Secretário de Controle Externo, Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador.

http://www.francisney.com.br

Um comentário sobre “Marcha para o Oeste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s