Qual dos caminhos?

Por Francisney Liberato

 “Quando o rei deixou que o povo israelita saísse do Egito, Deus não os levou pelo caminho que vai pelo país dos filisteus, embora fosse o mais curto. Deus pensou assim: ‘Não quero que os israelitas mudem de ideia e voltem para o Egito, quando virem que terão de guerrear’. Por isso Deus fez com que o povo desse uma volta pelo caminho do deserto, na direção do Mar Vermelho”. Êxodo 13:17-18 

Qual caminho devemos seguir? Normalmente quando ocorre uma situação em que devemos decidir para onde ir, ficamos em dúvida. Alguns optam pelo caminho mais curto, já outros, pelo caminho mais longo.

Se observamos o Google Maps, ao você escolher um lugar para destino, ele vai dar a você a opção entre o caminho mais rápido ou o caminho mais curto.

Em janeiro de 2019, eu fui de carro com a minha família para a cidade de Caldas Novas – GO. Optamos pelo caminho mais curto apresentado pelo GPS. A viagem começou próximo do horário de almoço e a estimativa era de chegar de madrugada, o que de fato ocorreu.

Contudo, em determinado momento, à noite, o medo pairou sobre nós, pois o caminho dado pelo aplicativo dava por uma estrada estranha e sem movimento, ficamos com medo. Perguntamos para alguns frentistas de um posto de combustível se o caminho estava correto, e eles confirmaram que sim. Apesar de acharmos estranho, era o caminho certo, mas nos informaram que havia outras opções melhores do que aquela.

No contexto do livro do Êxodo, capítulo 13, relata-se que depois de muita dificuldade o faraó deixou o povo de Deus sair do Egito para a Terra Prometida. Ainda informa que Deus não enviou o seu povo pelo caminho mais curto, mas sim pelo caminho mais longo.

Ninguém gosta de perder tempo. Todos querem o caminho mais rápido, curto e que faz com que cheguemos mais rápido ao destino.

Deus não quis que o povo fosse pelo caminho mais curto devido à dificuldade que eles iriam encontrar, uma vez que, por esse caminho, eles deveriam ter que guerrear com os filisteus.

O povo de Deus não tinha experiência com guerras, consequentemente, ao enfrentar um inimigo mais gabaritado para a guerra, certamente o desânimo poderia contaminar aquele povo.

Nem sempre o caminho mais curto quer dizer que seja o melhor para as nossas vidas! O melhor caminho para mim e para você é aquele caminho que Deus define. Pode ser que, às vezes, não concordemos e queremos seguir a nossa própria vontade e o nosso próprio caminho, o problema é que podemos nos decepcionar.

Temos que lembrar que Deus conhece o passado, o presente e o futuro, portanto Ele sabe o que é melhor para nós. Muitas vezes, aquele emprego que você tanto sonhava, o caminho mais curto, não deu certo, pois ele não seria o melhor para a sua vida e, principalmente, para a sua salvação.

O caminho mais curto pode significar ter uma atitude menos pensada e rápida. São esses os atalhos da vida. Já o caminho mais longo, pode ser um lugar de aprendizado e maturidade. Aquele povo precisava aprender muitas coisas, assim como nós hoje.

No contexto bíblico, ir pelo caminho mais fácil e enfrentar um inimigo poderoso poderia fazer com que o povo desanimasse, fracassasse e desejasse voltar para o Egito, para serem escravos novamente.

Qual caminho você tem seguido? O caminho mais curto ou o caminho mais longo? Não estou dizendo que sempre o caminho mais longo será o melhor para você, mas sim que o caminho que Deus escolhe para nós, este sim, sem dúvida alguma, é o melhor para as nossas vidas.

Como saber o caminho? A única resposta é: peça ajuda ao Deus amigo e todo-poderoso, que Ele terá o maior prazer em mostrar a você o melhor caminho a seguir, pois Ele é o caminho, a verdade e a vida.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros:Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2” e “Como falar em público com excelência”. 

http://www.francisney.com.br

Entre no meu canal do TELEGRAM: clique_aqui

Instagram: clique-aqui

YouTube: clique_aqui

Facebook: clique-aqui

Spotify: clique_aqui

Saiba mais sobre o autor: clique-aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s