Mude o conteúdo com sabedoria

Por Francisney Liberato

Estamos cercados de informações a todo instante, e muitas vezes transmitimos às notícias de forma rápida, sem avaliar o impacto no receptor. Algumas perguntas para reflexão: Precisamos repassar a informação de forma abrupta? Devemos sempre falar a verdade? Ou quem sabe podemos omitir? Noutras circunstâncias, até distorcer a mensagem? A decisão sobre o que fazer com a informação e a interferência que isso vai causar, vai depender exclusivamente da sabedoria do emissor.

O empresário, escritor, inventor americano Thomas Alva Edison, registrou 2.332 patentes. Algumas das invenções do Thomas estão presentes em nossas vidas, quais sejam: fonógrafo, primeira câmera cinematográfica, aperfeiçoamento do telefone, lâmpada elétrica incandescente, dentre outras.

Longe de ser Thomas Edson, quando criança, inventei alguns remédios para curar os cães que tínhamos em casa, abra parênteses, os cães que circulavam doentes no bairro, eu acolhia, tratava e cuidava deles. Misturava folhas, raízes, cascas, água, álcool, enfim. Os cães eram curados, só não sei dizer com qual fundamento, e nem estudo científico.

O grande inventor Thomas, quando criança, entregou uma carta para sua mãe que o professor tinha lhe entregado, avisando que apenas ela poderia abrir o bilhete.

A mãe ao ler o documento levou um choque e os seus olhos começaram a lacrimejar, e resolveu ler em voz alta para seu filho: “Seu filho é um gênio. Esta escola é muito pequena para ele e não tem professores ao seu nível. Por favor, ensine-o você mesma!

Olha que mensagem linda e de incentivo que poderíamos repassar para todas as pessoas que estão ao nosso redor. É preciso dominar as críticas, quer sejam construtivas ou destrutivas. Às vezes, é necessário ficar quieto ou apenas elogiar.

Já adulto, após o falecimento de sua mãe, quando estava arrumando a casa viu um papel dobrado no canto de uma gaveta e percebeu que era a antiga carta do seu professor.

E como curioso, abriu o bilhete, porém o conteúdo era totalmente diferente do que a sua mãe leu há anos. O conteúdo dizia: “Seu filho é confuso e tem problemas mentais. Não vamos deixá-lo vir mais à escola!
Edison chorou durante horas e escreveu em seu diário: “Thomas Edison era uma criança confusa, mas graças a uma mãe heroína e dedicada, tornou-se o gênio do século”.

Quem sabe se a sua mãe falasse a verdade, nós não teríamos esse grande inventor, pois talvez, ele poderia ficar desestimulado, desanimado e decepcionado. Ainda bem que a história foi diferente, e ele afirmou que jamais devemos desistir: “Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez”.

Assim, semelhantemente a mãe de Thomas Edison, que alterou o conteúdo da carta, que possamos transmitir uma mensagem com sabedoria e equilíbrio, pois existem certos momentos na vida, que é indispensável modificar a informação, para atingir o objetivo almejado.

Francisney Liberato Batista Siqueira é Secretário de Controle Externo, Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador.
http://www.francisney.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s