A Arte do Bom Relacionamento no Dia a Dia

Por Joelson Ferreira

Somos seres sociais por natureza. E como consequência, somos relacionais. Temos a necessidade de estabelecer vínculos sólidos a fim de nos mantermos socialmente saudáveis. O tempo todo estamos envolvidos em relacionamentos. E como cada ser humano é diferente do outro, precisamos nos conhecer, controlar emoções e administrar as relações sociais, a fim de evitar conflitos e romper amizades. Isso é necessário tanto na família, no ambiente de trabalho e em qualquer comunidade.

 Daniel Goleman definiu inteligência emocional como:

“…capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos.” (Goleman, 1998).

Segundo ele, a inteligência emocional pode ser categorizada em cinco habilidades:

  • Autoconhecimento emocional – reconhecer as próprias emoções e sentimentos quando ocorrem;
  • Controle emocional – lidar com os próprios sentimentos, adequando-os a cada situação vivida;
  • Automotivação – dirigir as emoções a serviço de um objetivo ou realização pessoal;
  • Reconhecimento de emoções em outras pessoas – reconhecer emoções no outro e empatia de sentimentos; e
  • Habilidade em relacionamentos interpessoais – interação com outros indivíduos utilizando competências sociais.

As três primeiras são habilidades intrapessoais e as duas últimas, interpessoais. E é sobre isso que vamos conversar.

O Relacionamento Interpessoal refere-se ao ser interno (os desejos, as angustias, percepções, os conflitos, as alegrias), ou seja, tudo que se relaciona aos próprios sentimentos.

A partir dos estímulos internos é que nos mostramos ao mundo.

A relação consigo mesmo é de extrema importância. Pode-se dizer que é o nosso alicerce. Qual a percepção que temos de nós mesmos? Qual a imagem que passamos para as pessoas?

Já relações Humanas ou relações interpessoais se refere a qualquer tipo de relação estabelecida entre duas ou mais pessoas. É em torno dessas relações que se estabelecem os conflitos entre as pessoas. A base das “trocas” existentes nas relações interpessoais é o comportamento. Por meio dele avaliamos as pessoas e formamos concepções acerca delas.

Como estão as suas relações interpessoais?

Um relacionamento interpessoal salutar, exige-se, obrigatoriamente, uma visão ampla do “eu”, por isso se faz necessário cada pessoa ter um autoconhecimento.

Autoconhecimento: Como você lida com as frustrações? Consegue perdoar com facilidade, ou tem dificuldade para isso? O que te motiva? Quais seus pontos fortes? Quais as fragilidades?

Saber responder essas perguntas a si mesmo, levará a se conhecer melhor e extrair o melhor do seu potencial.

Abaixo você tem a ferramenta Roda da Vida, muito utilizada em processo de Coaching. Ela ajuda as pessoas a identificarem os pontos de sua vida que estão em harmonia, suas prioridades, bem como aqueles que precisam de maior atenção e cuidado. Também ajuda a definir um plano de ações eficiente, que coloque efetivamente as coisas em seu devido lugar e traga maior equilíbrio entre todos os importantes aspectos relacionados. É fundamental você se conhecer para atingir seus objetivos e desfrutar de relacionamentos saudáveis.

roda da vida

Autocontrole: Quem nunca perdeu o controle? Você é daquelas pessoas que é sincera e fala na lata o que a outra pessoa precisa ouvir? Cuidado! Isso pode atrapalhar suas relações interpessoais.

O autocontrole é uma qualidade que todos nós, cedo ou tarde, precisamos começar a desenvolver. Seres humanos não são lógicos, portanto, não agem com razão todo o tempo. A emoção tem grande influência em decisões e atos do dia a dia. A melhor forma de adquirir e manter o autocontrole é a prática. A seguir, cinco dicas para aumentar seu autocontrole:

  • Tome consciência de suas emoções.
  • Liste também ações e reações irracionais ou inconscientes.
  • Pratique o bom humor.
  • Seja flexível.
  • Deixe para lá o que não é importante.

Automotivação: Uma pessoa automotivada não espera acontecer, ela busca os seus sonhos. É proativa. Tem pavor da mesmice, e não se intimida diante dos obstáculos. Ela possui um forte senso de oportunidade, vivendo o hoje sem perder de vista o futuro. Alguém automotivado, terá uma forte autoestima e crença em suas próprias capacidades. Ao mesmo tempo, reconhece suas fraquezas de forma crítica e honesta, buscando aprimorar seus pontos fracos.

 O ser humano deve ser visto de forma holística, ou seja, de maneira integral, completa. Possuímos diversas faculdades, entre elas temos a física, mental, emocional e espiritual. No âmbito dos relacionamentos, deve ser levado em consideração o equilíbrio entre essas faculdades. O que contribuirá para um pleno desenvolvimento e realização como pessoa.

Segundo Abraham Maslow, os humanos possuem necessidades básicas, como se fosse uma pirâmide:

holístico

  • Fisiológicas: Respiração, comida, água, sexo, sono, homeostase, excreção.
  • Segurança: Segurança do corpo, do emprego, de recursos, da moralidade, da família, da saúde, da propriedade.
  • Sociais: Amizade, família, intimidade sexual.
  • Estima: Autoestima, confiança, conquista, respeito dos outros, respeito aos outros.
  • Realização Pessoal: Moralidade, criatividade, espontaneidade, solução de problemas, ausência de preconceito, aceitação dos fatos.

Uma vez que buscarmos o autoconhecimento, praticarmos o autocontrole e atingirmos uma automotivação, ficará mais fácil encontramos o equilíbrio entre as nossas faculdades. Desta maneira, poderemos ter mais saúde, sucesso e alcançar nossas metas.

 A escritora norte americana Ellen White declara:

“As faculdades mentais e morais dependem da saúde física”. Logo, corpo e mente estão intimamente ligados. Ela completa: “A relação existente entre a mente e o corpo é muito intima. Quando um é afetado, o outro também o é”.

 Diante dessa afirmação, fica evidente que nossas escolhas determinarão os resultados!

Do momento em que acordamos até a hora de dormir, passamos o dia tomando decisões. O que comer no café da manhã? Ir para o trabalho por esta ou aquela avenida? Contratar ou não aquele serviço? Chega um momento em que nossa cabeça simplesmente se cansa de decidir.

É o fenômeno que o psicólogo e pesquisador da Universidade Estadual da Flórida Roy Baumeister vem chamando de fadiga de decisão.

E como não temos como fugir das escolhas, é de vital importância saber escolher os alimentos para a nossa mente e o corpo. É o que vai determinar os resultados em nossa vida. A postura que tomamos diante dos conflitos de relacionamento farão toda a diferença, para nossa saúde emocional. Geralmente os relacionamentos quebrados ferem profundamente nosso coração. Estar de bem com a gente e com os outros traz saúde emocional. Portanto, meu conselho é que você:

Escolha AMAR – É o melhor remédio para quem sofre.

Escolha PERDOAR – É a melhor decisão para quem está machucado (a).

Escolha VIVER EM PAZ – É a melhor escolha da vida.

Uma pessoa que procura equilibrar suas faculdades físicas, mentais, emocionais e espirituais será alguém saudável emocionalmente. E sua chance de ser feliz será triplicada.

Jesus está cruz, e será crucificado. Naquele momento, ele decide perdoar seus algozes.

As Sagradas Escrituras informam que Ele declarou: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lucas 23:34). Jesus controlava suas emoções, escolheu morrer voluntariamente e em paz.

Tenha a disposição de reconciliação sempre. Ela é uma ferramenta para a cura emocional.

No livro Conversas Decisivas, os autores afirmam que “quando enfrentamos conversas decisivas, podemos fazer uma de três coisas:

  • Evitá-las.
  • Enfrentá-las com ineficácia.
  • Enfrentá-las com eficácia.

Parece simples. Evite conversas decisivas e sofra as consequências. Enfrente-as com ineficácia e sofra as consequências. Ou então lide com elas corretamente. Creio que a terceira opção é a mais adequada. Devemos encarar as situações da vida com otimismo e decisão de buscar as soluções.

Benjamim Franklin, era um tanto descontrolado na sua juventude. Porém, se tornou tão diplomata, tão hábil no lidar com as pessoas, que foi nomeado embaixador americano na França. Qual o segredo do seu sucesso?

“Não falarei mal de nenhum homem”, disse ele, e “falarei tudo de bom que souber de cada pessoa”. É preciso caráter e autocontrole para ser humilde e saber perdoar. É necessária automotivação para fazer o que é certo.

Agora é com você! O que irá escolher?

Você está de bem consigo mesmo? Como estão os seus relacionamentos na família, no trabalho, e em sua comunidade? Você está bem emocionalmente? Não importa o agora, sua escolha no presente determinará seu futuro. E ele pode ser lindo, cheio de alegrias e muitas realizações.

Decida agora, crescer em seus relacionamentos. Caso precise, procure as pessoas com quem precisa ter uma conversa decisiva! Reconstrua as pontes que foram quebradas. Saiba que você tem um valor inestimável. E que foi feito para ser feliz. Você merece! Deus te abençoe!

Referências:

ALMEIDA, João Ferreira de. Bíblia Sagrada, 1995.
CARNEGIE, Dale. Como fazer amigos & Influenciar pessoas, 2012.
ELIAS, Juliana. Revista Galileu. Artigo: Cansado de fazer escolhas. Abril de 2018.
GOLEMAN, Daniel. Inteligência Emocional, 1998.
KERRY, Patterson. Grenny, Joseph. Mcmillan, Ron. Switzler, Al. Conversas Decisivas. 2012.
WHITE, Ellen G. Mente, Caráter e Personalidade. Vol. 1, 2009.

Joelson Ferreira

*Teólogo – Graduado em Teologia pelo Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia, Cachoeira – Bahia.
*Especialização em MBA em Liderança Pessoal e Eclesiástica pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo.
*Mestre em Teologia pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo, Engenheiro Coelho-SP.
Radialista Profissional – Registro 316/98 DRT- MT.
*Articulista, Mentor e Conferencista.

 

2 comentários sobre “A Arte do Bom Relacionamento no Dia a Dia

  1. É querido, para tudo isso que vc escreveu, Jesus resumiu apenas assim: “ame a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”. O respeito faz amar e o amor faz superar qualquer diferença.
    Parabéns pelas palavras trazidas neste artigo. Elas fazem refletir o respeito e o verdadeiro amor.
    Bjs no seu coração.❤
    Sua sempre amiga
    Eliane Grisolia

    Curtido por 1 pessoa

    1. Texto muito motivador, e de certa forma, nos faz pensar, como nos tornarmos pessoas melhores, mais proativas e mais justo com todos. Obrigado.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s