O paradoxo da natureza humana

Por José Marcelo

A beleza da natureza humana são as diferenças, que por vezes contradizem a lógica natural da igualdade. Somos um grande paradoxo, entendido assim como uma gama de ideias que não convergem, excluem-se, uma lógica conflitante; cada pessoa possui suas particularidades, pensamentos individuais que marcam a sua originalidade: opiniões diversas, discussões acaloradas – sejam por intrigas futebolísticas, ou por inclinações políticas e sociais –, marcam a essência distintiva de cada pessoa, mesmo assim precisamos ser iguais…

Essa tal igualdade necessita ser preservada por meio de direitos ligados à defesa das diferenças, interessante refletir: a base da igualde consiste em defender as diferenças e o respeito a elas. Sim, aceitar opiniões diversas.

Somos iguais, mas ao mesmo tempo tão diferentes, mas que beleza, quando temos a maturidade de entendermos que essa aparente falta de nexo é a essência do respeito. E como os iguais (ou desiguais) carecem de respeito!!!  Respeito à vida, à opinião, ao ser.

O grande desafio é compreender que somos todos iguais, dentro de nossas diferenças. O que para um é imperfeição, pode ser um dom para outro, o que importa é termos a visão disso sem a cruel miopia do julgamento. Então assim os relacionamentos serão mais justos, sinceros e, principalmente, inabaláveis.

Somos um grande paradoxo, entendido como um confronto de …, todos somos iguais e ao mesmo tempo diferentes…

As aparências enganam, mas a realidade também…para se chegar onde poucos, é necessário fazer o que poucos fazem…

Se acertarmos no óbvio, o excepcional praticamente pouco importará, pois, a grande maioria das nossas ações giram em torno de atitudes óbvias… A vida é simples a gente é que faz questão de complicar… Ou a vida é complicada, nossa missão é simplificá-la…

Carpie diem

José Marcelo
Coordenador do Projeto 1 (planejamento Estratégico) do Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado do Tribunal de Contas de Mato Grosso – PDI. Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso – TCE-MT. Contador formado pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Palestrante e Instrutor da Escola de Contas do TCE-MT. Pós-graduado em Direito e Controle Externo na Administração Pública (FGV); MBA em Gestão Governamental (FIAVEC); MBA em Administração Pública e Gerenciamento de Cidades (FIAVEC); e Pós-graduando em MBA em Gestão Estratégica de pessoas e Coaching (UNEB/CPEX). Atuação em cargo comissionado como Assessor Técnico de Desenvolvimento de Controle Externo (ADECEX/TCE-MT). Palestrantes/instrutor em diversas áreas: Orçamento Público, Administração Pública, Planejamento Estratégico, Balanced Escorecard – BSC, Motivacional, Liderança e Equipe, Oratória.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s