Faça compromisso

Por Francisney Liberato

Compromissos nos atrelam a algo e nos impulsionam ao trajeto de seu cumprimento.

Nem sempre estamos dispostos a fazer compromissos, pois todo compromisso gera uma responsabilidade que nos atrela uns aos outros.

Contudo, inevitavelmente, os compromissos farão parte da nossa vida, no relacionamento com as pessoas próximas a nós e até com aquelas que são distantes. Não tem como fugirmos desta responsabilidade.

Assumir um compromisso, ou firmar um compromisso, está relacionado com a nossa autorresponsabilidade enquanto indivíduos que vivem em uma sociedade.

Então, para que haja um compromisso com o outro, o primeiro passo é assumir o compromisso conosco mesmo. Se nos compromissamos, o resultado será satisfatório. Por outro lado, se não assumirmos um compromisso genuíno conosco, é provável que não levaremos a sério o pacto firmado.

É necessário que sejamos honestos e transparentes com as nossas ações e atitudes, a fim de que nossos compromissos tragam resultados positivos para nós e todas as partes envolvidas.

Ninguém pode estabelecer um compromisso por você. Não importa a idade que você tenha hoje, saiba que a responsabilidade é única e exclusivamente sua, de assinar um compromisso consigo mesmo.

Se a sua dificuldade é financeira, isto é, se você é um indivíduo que gasta além do que recebe, é provável que você terá muitas dificuldades para viver de forma tranquila e com paz, uma vez que os cobradores sempre rodearão a sua vida. Nessa situação, é indispensável que você firme um compromisso consigo mesmo, mantendo o foco e o autocontrole de sua vida.

Somente haverá autocontrole dos seus assuntos que não são dominados por você se houver assunção de compromissos reais consigo mesmo. Como fazer isso? Colocando na sua mente, e em todos os momentos da sua vida, que você possui um compromisso de não gastar, não importa a tentação que esteja sofrendo. Você deve anotar, de modo a lembrar do pacto, com exceção das despesas indispensáveis para sua sobrevivência e a de sua família.

 Vale ressaltar que esse compromisso deve ser firmado por uma decisão sincera e de forma antecipada, uma vez que todas as vezes que você estiver em situações tentadoras, como no exemplo, para gastar além do necessário, você possa se lembrar do compromisso já firmado.

Mesmo que você tenha dificuldade de firmar compromissos, não há outro caminho a não ser o de construir, primeiramente, compromissos consigo mesmo e, depois, com outros.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros:Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2”, “Como falar em público com excelência”, “Legado”, “Liderança” e “Ansiedade”. 

http://www.francisney.com.br

Entre no meu canal do TELEGRAM: clique_aqui

Instagram: clique-aqui

YouTube: clique_aqui

Facebook: clique-aqui

Spotify: clique_aqui

Saiba mais sobre o autor: clique-aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s