Retroceder

Por Francisney Liberato

Quando o rei deixou que o povo israelita saísse do Egito, Deus não os levou pelo caminho que vai pelo país dos filisteus, embora fosse o mais curto. Deus pensou assim: “Não quero que os israelitas mudem de ideia e voltem para o Egito, quando virem que terão de guerrear”. Por isso Deus fez com que o povo desse uma volta pelo caminho do deserto, na direção do Mar Vermelho. Êxodo 13:17-18 

Você já foi escravo? Conhece pessoas que já foram escravas? Já ouviu histórias sobre a escravidão? A escravidão é a perda de liberdade. É não ter a escolha de ir e vir.

No Brasil a escravidão foi abolida no ano de 1888. Escravidão é o oposto de liberdade. No nosso país, os nossos direitos fundamentais, dentre os quais o direito à liberdade, estão resguardados pela Constituição Federal de 1988.

O povo de Israel, nação escolhida por Deus para levar a mensagem de salvação para o mundo, estava como escravo dos governantes do Egito.

Eles ficaram por aproximadamente 400 anos como escravos. Eram mão de obra para as grandes obras dos faraós, foram constantemente humilhados e maltratados. A comida era da pior qualidade. Que situação triste para um povo escolhido por Deus! A desobediência leva à escravidão.

Depois desse tempo, o povo de Deus foi liberto. Agora poderiam viver livres e fazer a vontade de Deus. Assim, foram para o deserto rumo à Terra Prometida.

No contexto do livro do Êxodo 13 e 14, Deus os conduziu para o caminho mais longo, pois o caminho mais curto seria perigoso para eles. Deus sabe de todas as coisas. Ele conhece o nosso futuro.

Por que Deus os levou para o caminho mais longo? Porque sabia que na primeira dificuldade, pós-libertação, eles poderiam fraquejar. A Bíblia diz que eles mudariam de ideia e, assim, voltariam para o Egito.

Depois de 400 anos como escravos, passando por todos os tipos de dificuldades, ainda assim, Deus se preocupava com a preferência do povo, se o Egito ou a Terra Prometida.

Nesse contexto, mudar de ideia não é a melhor solução, pois Deus já tinha traçado um futuro perfeito para eles. E o pior, mudar de ideia, e voltar, é o mesmo que abandonar as bênçãos e, continuar recebendo as migalhas deste mundo.

Como você lida com as primeiras dificuldades da sua vida? Prefere voltar a ser escravo? Hoje em dia, juridicamente não temos mais a escravidão física, contudo, há a escravidão mental, emocional e espiritual. Têm pessoas que estão tão acostumadas com as dificuldades da vida que, quando Deus oferece uma bênção para resolver todos os seus problemas, ainda assim, reclamam e preferem voltar à vida anterior.

Não podemos jamais retroceder. A nossa vida deve ser guiada por Deus para o futuro. Não importa o caminho o qual teremos que passar. Se éramos escravos, não podemos jamais querer retornar para o Egito. Encare os dilemas, as dúvidas, os inimigos de frente. Não tenha medo, pois o Senhor está contigo por onde quer que andares.

Voltar ao Egito é ter uma vida subumana. Deus jamais quer isso para os seus filhos, por isso Ele diz para nós: filhos, vamos para frente! Vamos conquistar o impossível, pois Eu estarei convosco.

Pode ser que um dia você já tenha sido escravo do cigarro, mas já largou dessa vida há muito tempo. Não obstante os problemas e dificuldades da vida, a que todos nós estamos sujeitos, pode ser que você decida mudar de ideia e voltar a consumir essas substâncias que fazem mal para a sua vida, isto é, voltar para o “Egito”. Todos nós estamos sujeitos à tentação de voltar para o Egito, pois cada um sabe o que o aprisiona. Escute o conselho de Deus, não volte para o Egito, por mais tentador e difícil que seja. Não seja, mais uma vez, escravo do que te faz mal.

Deus deseja que os seus filhos prossigam para a Terra Prometida. Um lugar seguro, sem problemas, sem vícios, sem escravidão, em outras palavras, um lugar em que verdadeiramente teremos paz. Jamais retorne ao seu passado negativo e viciante. Vamos para a Terra Prometida?

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros:Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2” e “Como falar em público com excelência”. 

http://www.francisney.com.br

Entre no meu canal do TELEGRAM: clique_aqui

Instagram: clique-aqui

YouTube: clique_aqui

Facebook: clique-aqui

Spotify: clique_aqui

Saiba mais sobre o autor: clique-aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s