Do luto à luta

Por Francisney Liberato

É preciso coragem para encarar a realidade como de fato ela é, e dar um passo adiante, rumo a um futuro melhor.

Em uma madrugada, como outra qualquer, alguns adolescentes dormiam nos seus leitos, tranquilamente, quando algo estranho aconteceu e de maneira abrupta. O fogo adentrou ao dormitório, atingindo os que estavam no local.

O fato é real e aconteceu no “Ninho do Urubu”, sede do Flamengo, no início de 2019. O ocorrido deixou muita dor para os familiares, para o clube, e para o país como um todo.

O desastre ceifou a vida de 10 adolescentes que tinham o sonho de ser jogadores de futebol. Sonhos frustrados. Marcas e sequelas que jamais se apagarão. Foi o maior infortúnio do clube nos seus 124 anos de existência.

Você, também, já passou por momentos de perdas e desastres? Eu creio que sim, infelizmente. Na minha vida não foi diferente. O Sofrimento, às vezes, dá a impressão de que nunca vai passar.

Temos a opção de continuar no luto, ou sair para batalhar e lutar, buscando uma vida melhor. Não podemos nos render aos lutos da vida. O luto deve ser temporário e não permanente. Permanecer no luto, é o mesmo que destruir as chances e possibilidades de um futuro melhor.

Do luto à luta, foi o slogan criado pela equipe de psicólogos do Flamengo, visando desviar o foco do problema e mudar a perspectiva do fatídico, buscando novos cenários e novos desafios.

O Flamengo sofreu as consequências deste evento desastroso, todavia, se organizou e se empenhou a lutar, constantemente, em todas as batalhas do clube, principalmente no futebol.

O resultado, ao final de 2019, foi que o clube já deixou um legado avassalador, vencendo várias partidas e títulos brasileiros do sub-17, sub-20 e profissional. Ganhou os títulos do Carioca e da Libertadores do time profissional, além de ultrapassar vários recordes no futebol brasileiro. A categoria de base do time também venceu muitos títulos.

Isso serve de lição para mim e para você, pois a dor e o luto podem ocorrer, contudo, jamais deveremos nos curvar a esses momentos. Precisamos recomeçar, lutar e avançar, a fim de obtermos o máximo de sucesso em todas as áreas da vida, como aconteceu com o time mais popular do Brasil.

Temos que crer na promessa descrita em Salmos 30:5 “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”. Eu me agarro nessa promessa em todos os momentos da minha vida, pois sei que logo o sol voltará a brilhar para todos. Temos que pensar que tudo passa, e a oportunidade do presente deve ser vivida com alegria e da melhor forma possível.

Do luto à luta. A noite escura e tenebrosa, certamente acabará, assim que a luta entrar em campo. Em nossas vidas, semelhantemente ao que aconteceu com o Flamengo, que apesar do desastre, não desanimou dos seus sonhos e por isso teve muitas conquistas e vitórias. Portando, jamais desista dos seus sonhos!

Francisney Liberato Batista Siqueira é Secretário de Controle Externo, Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador. Autor dos Livros “Mude sua vida em 50 dias” e “Como falar em público com eficiência”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s