Produza frutos

Por Francisney Liberato

Os seus frutos definem quem você é, portanto, produza bons resultados.

Eu nasci, cresci e morei no bairro do Porto na cidade de Cuiabá. A minha casa era estreita e cumprida, já o quintal era enorme. Nele tínhamos muita mata, árvores e bichos.

Quando criança, uma das atividades que mais gostava de fazer era o de pegar pedras e ficar jogando nas árvores. Brincadeira de crianças. Quando tinha algum amigo próximo, nós fazíamos a mesma coisa, ou seja, jogar pedras em árvores.

O mais prazeroso era jogar pedras em árvores que davam frutos, pois as árvores improdutivas ou sem frutos, não dava prazer, visto que não tínhamos o que derrubar. A meta era derrubar mangas, cajus, cajás, pitombas etc.

Existiam até uma competição de quem derrubava mais frutos das árvores. Era importante ter uma boa mira e força, pois dava a criança uma grande vantagem.

Refletindo a respeito disso, pensei que na nossa vida cotidiana e comportamental, ocorre a mesma coisa. Nós somos árvores. Alguns produzem frutos e outros não. Têm pessoas que jogam pedras e outros são apedrejados.

É muito melhor produzir frutos. Penso que na vida você deve produzir muitos frutos e ser feliz. Os frutos que me refiro são: o desenvolvimento constante e permanente dos nossos dons e talentos, como por exemplo, cantar, estudar, escrever, jogar, dentre outros. É preferível olhar para a sua árvore e contabilizar a quantidade de frutos ela possui em benefício próprio e das pessoas que estão próximas a você.

Não vale a pena ser estéril. Estar em vida, ver a vida passar e não produzir frutos, deve ser muito frustrante, uma vez que estaremos perdendo tempo e oportunidades que a vida nos oferece. Ser um “Zé ninguém” é muito triste e desanimador. Se hoje você se encontra nesta posição, não desanime, creia que é possível mudar esse cenário, mas é necessário que você tome uma atitude agora.

Não ataque o próximo. Infelizmente muitos seres humanos vivem atacando outros indivíduos de forma deliberada e sem responsabilidade. Apenas para exemplificar, o simples fato de alguém inventar ou repassar uma fofoca, saiba que ele ou ela estará prejudicando e ferindo o íntimo de outra pessoa e sem direito de defesa. Pode ser que alguns indivíduos, nem sabem o mal que estão fazendo, já outros, agem de forma deliberada e com intuito de prejudicar outrem.

É importante que se diga que, caso você receba uma fofoca e repassa, pode ser que no futuro essa mesma pessoa que lhe passou a fofoca, estará falando mal de você, isto é, “jogando pedras na sua árvore”.

Normalmente os indivíduos que gostam de “jogar pedras na árvore do outro”, infelizmente, são pessoas frustradas e sem caráter, quem sabe por que não conseguem produzir frutos. Tem inveja e cobiça o seu lugar, se julgando melhor do que você. Que tristeza! Essas pessoas vivem espalhando maldades e “lançando pedras” nas pessoas de bem e que produzem frutos. Que possamos tentar aconselhar as pessoas que agem dessa maneira, e caso não haja mudanças, é melhor refletir a sua aproximação com ela, pois do contrário, daqui um tempo você que estará repetindo os mesmos erros dela.

O meu conselheiro é: ainda existe tempo para repensar as suas atitudes e buscar plantar, para que a sua árvore seja carregada de frutos.

Apedrejados. Lamentavelmente, fazer o que é bom e saudável, nem sempre geram reações positivas para aqueles que tem o prazer em atacar os seus frutos. Basta olhar para história de Cristo, ele veio ao mundo para fazer e ensinar o que é de melhor para os seres humanos, contudo, você sabe o que aconteceu com Ele? Foi humilhado, maltratado, machucado, ferido, chicoteado, traído, abandonado, injustiçado, tratado como bandido e crucificado.

A árvore de Cristo produzia infinitos frutos. Saiba que quanto maior a quantidade frutos que você produz, em outras palavras, quanto mais evidente você for, infelizmente você será atacado, semelhantemente ao Mestre. O sucesso, ou seja, a fabricação “frutos”, causa inveja nas pessoas.

No dia 17/11/2019, o técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus, que está fazendo muito sucesso no meio futebolístico, devido a sua forma de treinar os jogadores, a intensidade dos jogos, a produção de um futebol com excelência e com muitos gols; desabafou, que não entendia o por que a imprensa e outros técnicos brasileiros criticam o seu trabalho no Brasil, pois os brasileiros que treinaram a seleção portuguesa e o times de Portugal foram bem recebidos lá.

Ninguém joga pedras em árvores que não dão frutos. Se o seu sucesso hoje causa inveja nas pessoas, saiba que você está no caminho certo, uma vez que a sua vida tem gerado frutos, e você não têm controle sobre o que as pessoas pensam ou falam de você.

A minha pergunta para você é: em qual grupo você está? E em qual grupo você gostaria de estar de hoje em diante? A sua resposta é decisiva para mudar a sua vida e das pessoas que estão próximas a você. O meu desejo é que você escolha estar no grupo de pessoas que produzem frutos, não importando a “quantidade e o tamanho de pedras” que tens recebidos, pois logo chegará a sua recompensa.

Francisney Liberato Batista Siqueira é Secretário de Controle Externo, Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador. Autor dos Livros Mude sua vida em 50 dias e Como falar em público com eficiência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s