Cuidado com o julgamento

Por Francisney Liberato É preferível amar do que julgar. Já parou para pensar quantas vezes você julga as pessoas? Em uma análise sincera, você faz poucos ou muitos julgamentos? Das vezes em que julgou sem conhecer, quantas conclusões foram assertivas? O enfoque que desejo trazer a esse texto é: Julgar sem conhecer o cenário por inteiro, será desastroso e, por consequência, levará ao cometimento de … Continuar lendo Cuidado com o julgamento